Novo vídeo da Agência Patrícia Galvão revela medidas de segurança adotadas pela maioria das brasileiras durante seus trajetos 

Compartilhar:
image_pdfPDF

Série baseada na pesquisa Percepções sobre segurança das mulheres nos deslocamentos pela cidade indica que, por medo, 87% das mulheres escolhem o assento no ônibus e no trem

 

(Agência Patrícia Galvão | 20/01/2022 )

 

As mulheres sentem medo de se locomover pela cidade: 82% delas evitam usar certos tipos de roupa ou acessórios ao sair de casa, 96% evitam passar por local escuro ou deserto e, ainda, 87% escolhem o assento no ônibus e no trem. Estes são alguns dados do novo vídeo produzido pela Agência Patrícia Galvão, baseado na pesquisa  “Percepções sobre segurança das mulheres nos deslocamentos pela cidade”, realizada pelo Instituto Patrícia Galvão em parceria com o Instituto Locomotiva, com apoio da Uber e apoio técnico e institucional da ONU Mulheres, em outubro de 2021.

 

De acordo com a pesquisa, alguns fatores que contribuem para a insegurança das mulheres são: falta de iluminação pública (66%), espaços abandonados (56%) e falhas no transporte público (51%). Diante deste cenário, o vídeo destaca que as políticas públicas de mobilidade e urbanização devem considerar as questões de gênero. 

 

Acesse a íntegra da pesquisa e acompanhe a programação da Agência Patrícia Galvão:

https://agenciapatriciagalvao.org.br/violencia/81-das-mulheres-ja-sofreram-violencia-em-seus-deslocamentos/

 

Confira o vídeo:

 

Assista também ao webinário:

(In)Segurança das mulheres nos deslocamentos urbanos, com a participação da arquiteta e urbanista, professora da Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da Universidade de São Paulo (FAU/USP) e coordenadora do LabCidade, Paula Santoro. 

Compartilhar: