Pesquisa mostra que 76% das mulheres brasileiras já foram vítimas de violência ou assédio no trabalho

Compartilhar:
image_pdfPDF

Estudo divulgado pelo Instituto Patrícia Galvão evidencia violências enfrentadas pelas mulheres no mercado de trabalho, associadas a ambiente de discriminação e falta de oportunidades

(Celina/O Globo | 10/12/2020 Laura Suprani)

Embora presentes em menor número no mercado de trabalho, mulheres são maioria das vítimas de violência e assédio nas empresas. Segundo pesquisa realizada pelo Instituto Patrícia Galvão, 76% das entrevistadas já sofreram algum tipo de violência, assédio ou constrangimento no ambiente profissional. Entre os homens, 15% afirmaram ter passado por situações similares.

Foram entrevistados mil mulheres e 500 homens a partir de 18 anos, em todas as regiões do país. O estudo, em parceria com o Instituto Locomotiva e apoio da Laudes Foundation, tem o objetivo de “fomentar o debate sobre as situações de violência e assédio vivenciadas pelas mulheres nos ambientes de trabalho”, segundo as pesquisadoras responsáveis.

Acesse a matéria completa no site de origem.

Compartilhar: