Câmara define agraciadas ao Diploma Mulher-Cidadã Carlota Pereira 2017

21/09/2017 - 14:29 -
Print Friendly, PDF & Email
Email this to someoneShare on Facebook0Tweet about this on TwitterShare on Google+0

A Câmara dos Deputados elegeu, nessa quarta-feira (20), as cinco mulheres que serão agraciadas com o Diploma Mulher-Cidadã Carlota Pereira de Queirós 2017. Foram escolhidas a advogada Daniela Rodrigues Teixeira, a cantora Elza Soares, a promotora de justiça do Estado de São Paulo Maria Gabriela Prado Manssur, a médica Marina Kroeff e a líder comunitária Raimunda Gomes da Silva.

(Câmara, 21/09/2017 – acesse neste link)

A entrega do diploma será no dia 26 de outubro, às 9 horas, em sessão solene no Plenário Ulysses Guimarães.

O prêmio
O Diploma Mulher-Cidadã Carlota Pereira de Queirós foi criado em 2003, e é destinado a mulheres que, no país, tenham contribuído para o pleno exercício da cidadania, a defesa dos direitos da mulher e questões do gênero. O prêmio é entregue desde 2004 e, desde então, foram agraciadas 30 mulheres.

Carlota Pereira de Queirós (1892-1982) nasceu na cidade de São Paulo. Médica, escritora, pedagoga e política, foi a primeira mulher brasileira a votar e ser eleita deputada federal. Foi eleita pelo estado de São Paulo em 1934. Entre 1934 e 1935, participou dos trabalhos na Assembleia Nacional Constituinte. Seu mandato foi dedicado à defesa das mulheres e das crianças. Ocupou seu cargo até o golpe de 1937, quando Getúlio Vargas fechou o Congresso Nacional.

Desde 2016, a indicação para o Diploma Carlota Pereira de Queirós é de competência da Comissão de Defesa dos Direitos da Mulher.