ONU Mulheres participa de debates sobre igualdade de gênero no IV Encontro dos Municípios com o Desenvolvimento Sustentável

21/04/2017 - 12:37 -
Print Friendly, PDF & Email
Email this to someoneShare on Facebook0Tweet about this on TwitterShare on Google+0

De 24 a 28 de abril, Brasília sediará o IV Encontro dos Municípios com o Desenvolvimento Sustentável, organizado pela Frente Nacional de Prefeitos e pelo Sebrae. Ao longo da programação, a ONU Mulheres participará de debates sobre políticas para as mulheres, igualdade de gênero e sustentabilidade na administração municipal.

(ONU Mulheres, 21/04/2017 – Acesse o site de origem)

Uma das iniciativas a ser apresentada pela ONU Mulheres é o projeto Cidade 50-50: Todas e Todos pela Igualdade, criado para apoiar o engajamento das administrações municipais com o cumprimento da Agenda 2030 de Desenvolvimento Sustentável, adotada pelos Estados-Membros das Nações Unidas. “O projeto Cidade 50-50 propõe como construir a igualdade entre mulheres e homens no município e desenvolver uma agenda municipal de igualdade de gênero alinhada com os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável com foco nos direitos das mulheres, como estabelece a iniciativa global da ONU Mulheres Planeta 50-50 em 2030, destinada à paridade de gênero”, afirma Nadine Gasman, representante da ONU Mulheres Brasil.

De acordo com o projeto Cidade 50-50, são seis áreas para a ação municipal: governança e planejamento, empoderamento econômico, participação política, enfrentamento à violência contra as mulheres, educação inclusiva e saúde. “75% dos brasileiros e das brasileiras consideram de extrema importância que gestores, gestoras, legisladores e legisladoras desenvolvam políticas de promoção da igualdade entre mulheres e homens nas cidades. Outro aspecto importante é a expectativa das brasileiras: 8 em cada 10 mulheres querem cidades mais igualitárias”, informa Nadine Gasman a partir dos resultados da pequisa Ibope/ONU Mulheres, realizada em fevereiro deste ano.

ONU Mulheres participa de debates sobre igualdade de gênero no IV Encontro dos Municípios com o Desenvolvimento Sustentável/

Direitos das mulheres nas cidades – Na mesa de debate “Cidades Inclusivas e Igualitárias”, em 25 de abril, das 9h às 12h15, a gerente de Programas da ONU Mulheres, Ana Carolina Querino, fará a moderação dos debates a serem desenvolvidos por ONU Brasil (Ângela Pires), WRI Brasil (Daniely Votto), UNFPA (Vinicius Monteiro), Codeplan (Ana Maria Nogales), Unesco (André Morales), Prefeitura de SP (Ebenézer de Oliveira), Instituto Alana (Lais Fleury) e UFMG (Denise Morado).

O tema “Igualdade de Gênero e a Participação Política de Mulheres no Nível Local” será desenvolvido pela representante da ONU Mulheres, Nadine Gasman, a professora Liza Zanotta, da Universidade de Brasília, e pela senadora Regina Sousa, na terça-feira (25/4), das 14h15 às 17h30. Soluções inovadoras estarão integradas à mesa de debate. Dentre elas, o projeto Cidade 50-50: Todas e Todos pela Igualdade, com foco nas ferramentas de democracia paritária, a serem apresentadas pela associada de Programa da ONU Mulheres Eunice Borges. Outra iniciativa inovadora será exposta pelo Consórcio Mulheres das Gerais, por Ermelinda Ireno.

Durante as atividades do dia 25 – considerado mensalmente como Dia Laranja, pela ONU, para a mobilização das sociedades ao redor do mundo sobre a prevenção e a eliminação da violência de gênero -, a ONU Mulheres fará a distribuição de material informativo, em busca de parcerias para enfrentar a violência contra as mulheres nas cidades. “Investigar e fortalecer a rede especializada de atenção às mulheres em situação de violência nos municípios deve ser uma prioridade de prefeitas e prefeitos”, considera Nadine Gasman, representante da ONU Mulheres Brasil.

Na sexta-feira (28/4), a gerente de Programas da ONU Mulheres, Joana Chagas, apresentará o programa Orçamentos Sensíveis a Gênero, da ONU Mulheres, voltado à inclusão da perspectiva de gênero nos orçamentos públicos na mesa de debate “Financiamento e implementação da Agenda 2030 no meu município”, programada das 9h às 12h15. Haverá a participação do Pacto Global (Beatriz Carneiro), Granito Partners (Rodrigo Tavares), CAF Banco de Desenvolvimento LAC (Cecília Guerra), Instituto Pólis (Nelson Saule) e Instituto CO2 Zero (Marcus Vasconcellos), com moderação do PNUD (Haroldo Machado).

Agenda 2030 – Na Agenda 2030 de Desenvolvimento Sustentável, adotada pelos Estados-Membros da ONU, 17 objetivos globais definem metas um plano de ação para promover o desenvolvimento sustentável e a erradicação da pobreza. Foram definidas 169 metas globais com foco nas pessoas, nas parcerias, no planeta, na prosperidade e na paz mundial. As metas para o alcance da igualdade de gênero estão concentradas no Objetivo de Desenvolvimento Sustentável (ODS) 5 e transversalizadas nos demais objetivos globais. Saiba mais: nacoesunidas.org/pos2015/


25/04/2017
Mesa de Debate “Cidades Inclusivas e Igualitárias”

Horário: das 9h às 12h15
Local: Sala Temática 254 – Estádio Mané Garrincha
Moderação: ONU Mulheres (Ana Carolina Querino)
Demais participantes (debatedoras e debatedores): ONU Brasil (Ângela Pires), WRI Brasil (Daniely Votto), UNFPA (Vinicius Monteiro), Codeplan (Ana Maria Nogales), Unesco (André Morales), Prefeitura de SP (Ebenézer de Oliveira), Instituto Alana (Lais Fleury) + UFMG (Denise Morado, comentarista)

Mesa de Debate “Igualdade de Gênero e Participação Política de Mulheres no Nível Local”
Horário: das 14h15 às 17h30
Local: Sala Temática 254 – Estádio Mané Garrincha
Moderação: PNUD (Andrea Bolzon, Coordenadora do Relatório de Desenvolvimento Humano)
Demais participantes (painel conceitual): ONU Mulheres (Nadine Gasman), UnB (Lia Zanotta), Senado (senadora Regina Sousa)
Demais participantes (soluções inovadoras): ONU Mulheres (Eunice Borges, soluções inovadoras Cidade 50-50), Consórcio Mulheres das Gerais (Ermelinda Ireno)

28/04/2017
Mesa de Debate “Financiamento e implementação da Agenda 2030 no meu Município”

Horário: das 9h às 12h15
Local: Sala Temática 254 – Estádio Mané Garrincha
Moderação: PNUD (Haroldo Machado)
Demais participantes (painel conceitual): Pacto Global (Beatriz Carneiro), Granito Partners (Rodrigo Tavares), CAF Banco de Desenvolvimento LAC (Cecília Guerra), Instituto Pólis (Nelson Saule) e Instituto CO2 Zero (Marcus Vasconcellos)
Demais participantes (soluções inovadoras): ONU Mulheres (Joana Chagas)