Aumenta diferença na carga de trabalho doméstico entre homens e mulheres

153
0
Compartilhar:
image_pdfPDF

Elas gastam o dobro de horas no serviço da casa em comparação a eles. Na pandemia, diferença tende a aumentar aumentar

RIO — A desigualdade na divisão sexual do trabalho doméstico no Brasil não cai há anos. A jornada da mulher nos serviços feitos em casa é 10h24m superior à do homem por semana, revela Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (Pnad), divulgada nesta quinta-feira pelo IBGE, praticamente o dobro da dos homens.

Desde 2016, quando o IBGE começou a investigar o tema pela nova Pnad, o tempo dedicado pelos homens ao trabalho doméstico se mantém em 11h, mas a diferença para as mulheres aumentou.  Era de 9h54m em 2016 e subiu para 10h24m em 2019, último dado disponível.

Acesse aqui a matéria no site de origem.

Compartilhar: