Registros de importunação sexual aumentam 24,3% no ano em SP

138
0
Compartilhar:
image_pdfPDF

Crime voltou ao centro das atenções após agressão cometida contra ciclista

(Folha de S. Paulo | 30/09/2021 | Por Victoria Damasceno e Flávia Faria)

SÃO PAULO

Cresceu em 24,3% o número de registros de importunação sexual no estado de São Paulo de janeiro a agosto deste ano, se comparado com o mesmo período do ano passado.

Foram 3.054 notificações em 2021, contra 2.456 nos mesmos meses de 2020. O crescimento ocorreu após uma queda de 7,2% no ano passado em relação ao mesmo período de 2019.

Os dados são da SSP-SP (Secretaria de Segurança Pública de São Paulo) e foram obtidos pela Folha via Lei de Acesso à Informação.

O aumento não reflete necessariamente crescimento no número de casos, mas de ocorrências registradas nas delegacias de polícia do estado. Muitas vítimas optam por não denunciar o agressor por uma série de motivos, como medo, desconhecimento e descrença no Estado.

A expectativa é que, com o relaxamento das medidas de distanciamento social, a subnotificação diminua e o número de registros aumente ainda mais.

Acesse a matéria completa no site de origem

Compartilhar: