Gênero e raça como fatores de vulnerabilidade nos espaços urbanos é tema de vídeo da Agência Patrícia Galvão

Compartilhar:
image_pdfPDF

Produção estreia a série baseada na pesquisa Percepções sobre segurança das mulheres nos deslocamentos pela cidade

(Agência Patrícia Galvão | 16/12/2021) 

As mulheres são as mais vulneráveis nos espaços de deslocamento na cidade, já que 81% das brasileiras sofreram algum tipo de violência durante seus percursos urbanos. Este dado é o mote do novo vídeo produzido pela Agência Patrícia Galvão, embasado na pesquisa  “Percepções sobre segurança das mulheres nos deslocamentos pela cidade”, realizada em parceria com Locomotiva, com apoio da Uber e apoio técnico e institucional da ONU Mulheres, em outubro de 2021. 

Olhares insistentes, importunação sexual, agressão física e estupro, além de discriminação são algumas das violências sofridas pelas mulheres, segundo o levantamento. O estudo revela, ainda, que 67% das mulheres negras sofreram racismo quando estavam a pé. 

A insegurança não pode seguir sendo a companheira das mulheres em seus deslocamentos, em suas vidas. 

Acesse a íntegra da pesquisa e acompanhe a programação da Agência Patrícia Galvão.  

Confira o vídeo:

Assista ao webinário:

(In)Segurança das mulheres nos deslocamentos urbanos, com a participação da arquiteta e urbanista, professora da FAU/USP e coordenadora do LabCidade Paula Santoro. 

Compartilhar: