Agências da ONU comemoram esforços da União Africana para acabar com casamento infantil

598
0
Compartilhar:
image_pdfPDF

(ONU/BR, 02/06/2014) O Fundo das Nações Unidas para a Infância (UNICEF) e o Fundo de População das Nações Unidas (UNFPA) parabenizaram a primeira campanha lançada pela União Africana para acabar com o casamento infantil, um costume que tira a infância de mais de 17 milhões de meninas – uma em cada três – em todo o continente.

A campanha, lançada nesta quinta-feira (29), tem um período inicial de dois anos, com lançamentos nacionais em 10 países africanos.

Casamentos infantis tiram as meninas da escola.  Foto: IRIN/Mujahid Safodien

Casamentos infantis tiram as meninas da escola.
Foto: IRIN/Mujahid Safodien

“O que estamos vendo hoje é um amplo movimento de líderes e organizações dizendo coletivamente ‘não ao casamento infantil’ na África”, afirmou o vice-diretor executivo do UNICEF, Martin Mogwanja. De acordo com o UNICEF, “essa iniciativa tomada por africanos para africanos não deve parar até que todas as meninas – em todas as famílias e todas as comunidades – tenham o direito de fazer 18 anos antes de se casar”.

A diretora regional do UNFPA, Julitta Onabanjo, explica, por sua vez, que “os custos da inação, em termos de direitos não realizados, de cidadãos que não atingem todo o seu potencial e a perda de oportunidades de desenvolvimento, superam em muito os custos de uma intervenção”.

De acordo com as Nações Unidas, mais de 140 milhões de meninas no mundo todo se tornarão noivas entre 2011 e 2020 se as taxas atuais continuarem. Destas, 50 milhões terão menos de 15 anos.

Acesse o site de origem: Agências da ONU comemoram esforços da União Africana para acabar com casamento infantil

 

 

Compartilhar: