Galeria Scenarium recebe mostra #Afrografiteiras sobre o papel da mulher afro-brasileira na sociedade – Rio de Janeiro/RJ, 29/08/2015

1976
0
Compartilhar:
image_pdfPDF

A Galeria Scenarium é palco de mais uma exposição de arte urbana brasileira. Com curadoria da artista Panmela Castro, que expôs recentemente sua obra ‘Eva’, a mostra coletiva #AfroGrafiteiras aborda a posição da mulher afro-brasileira em nossa sociedade. A Rede NAMI realiza a exposição com o apoio da Fundação Ford.

Durante seis meses, um grupo de mulheres afro-brasileiras do estado do Rio de Janeiro reuniu-se para pensar a posição da mulher negra na sociedade, a fim de representa-la através de uma produção artística. Este processo desencadeou a exposição ‪#‎AfroGrafiteiras, que conta com a curadoria e coordenação de Panmela Castro. Ao todo, são dezoito projetos especiais que dialogam entre si a partir do desejo emancipatório da mulher negra contemporânea.

O corpo, a identidade e as raízes são manifestações constantes e pertinentes às obras da mostra coletiva que reúne pinturas, fotografias, vídeos, esculturas e instalações das artistas Amanda BarbosaAngélica Menchini, Carla FelizardoEllen AlvesGabriela MacenaJennifer BorgesJoyce Fucci, Lu BrasilMaiara Viana, Mariana MaiaMyllena AssumpçãoPoema EurístenesPatrícia dos SantosRafaela NascimentoTainã XavierTainá da RochaViviane Laprovita Ymaraz Rodriguez.

GALERIA SCENARIUM – Exposição #AfroGrafiteiras
Vernissage: 29 de agosto, das 14h às 18h
Período: de 1º de setembro a 3 de outubro
Endereço: Rua do Lavradio, nº 15, Centro Antigo, Rio de Janeiro.
Horário de funcionamento: de terça à sábado, das 13h às 19h.
Tel: (21) 2252 9138
Entrada Franca

Sobre o programa

A exposição #AfroGrafiteiras é fruto de um programa de formação em arte urbana focado na expressão e promoção do protagonismo de mulheres afro-brasileiras. Realizado pela Rede Nami com o apoio da Fundação Ford, o curso ofereceu aulas teóricas, práticas e seminários para 30 mulheres selecionadas, dentre as quais 18 seguiram até o final do projeto. A NAMI é uma rede feminista que usa as artes urbanas para promover os direitos das mulheres. A missão da Ong é empoderar mulheres sobre seus direitos através das artes urbanas.

“Equidade de gênero por uma sociedade sem violência contra mulheres” (Panmela Castro).

Sobre a Galeria Scenarium

O histórico casarão da Rua do Lavradio nº 15, situado no coração do Rio Antigo, foi totalmente reformado e inaugurado em 2013 com a exposição ‘Casa Brasileira’. “A Galeria Scenarium vem se firmando como um espaço de arte que conta com um acervo permanente da coleção Azul Cobalto – Azulejos e Memórias (2º e 3º pisos) e, simultaneamente, recebe exposições de arte contemporânea no piso térreo”, comenta Plínio Fróes, sócio do Grupo Scenarium.

afrografiteiras

Compartilhar: