Seminário Comunicação, violência e Direitos Humanos – São Paulo, 23/04/2015

1357
0
Compartilhar:
image_pdfPDF

Dois temas interligados aos direitos humanos estarão no centro do seminário “Comunicação, violência e direitos humanos”, que será realizado pelo Fundo Brasil de Direitos Humanos no dia 23 de abril, no auditório da FGV Direito SP (Escola de Direito de São Paulo da Fundação Getúlio Vargas).

O seminário contará com duas mesas de debates com a participação de convidados ligados aos temas e a exibição especial do documentário “Defensorxs”, uma produção da campanha “Somos todos defensorxs”, desenvolvida pelo Coletivo Intervozes, Justiça Global, Plataforma Dhesca e MNDH (Movimento Nacional de Direitos Humanos).

“Cada vez mais as organizações de direitos humanos apostam na estratégia de fortalecer a comunicação”, afirma Taciana Gouveia, coordenadora de Projetos do Fundo Brasil. Ao mesmo tempo, a violência contra ativistas, mais visível a partir de 2013, é um assunto que tem grande impacto inclusive nas tentativas das organizações de investir na comunicação.

A primeira mesa de debates, “Textos e contextos – Comunicação, violência e direitos humanos”, começará às 10h com os convidados Flávia Oliveira (jornal O Globo/Globonews) e Renato Rovai (revista Fórum). A mesa será moderada por Átila Roque, diretor vice-presidente de Projetos do Fundo Brasil e diretor executivo da Anistia Internacional no Brasil.

O tema da segunda mesa é “Políticas, novos conteúdos e contrainformação”. O debate começa às 14h com os convidados Bruno Torturra (Fluxo), Jacira Melo (Instituto Patrícia Galvão), Laura Capriglione (Ponte) e Pedro Ekman (Coletivo Intervozes). A moderadora será Ana Valéria Araújo, coordenadora executiva do Fundo Brasil.

Às 19h será exibido o documentário “Defensorxs”, uma produção da campanha “Somos todos defensorxs”, com o apoio do Fundo Brasil.

“O conhecimento sobre as técnicas de comunicação e a troca de experiências fortalece as organizações que, no dia a dia, enfrentam as constantes e crescentes contestações vindas de setores intolerantes e, em muitos casos, agressivos”, diz Ana Valéria Araújo.

A participação no seminário é aberta a todos os interessados, mas está sujeita à disponibilidade de vagas.

Acesse aqui para fazer a inscrição

Seminario Comunicacao Violencia e Direitos Humanos

Compartilhar: