19/06/2012 – Câmara aprova MP que prioriza a mulher no Minha Casa, Minha Vida

375
0
Compartilhar:
image_pdfPDF

(Jornal do Brasil) O Plenário da Câmara aprovou nesta terça-feira a Medida Provisória (MP) que transfere a propriedade de imóveis financiados pelo Minha Casa, Minha Vida para as mulheres em caso de separação. Agora, a medida vai para o Senado. As informações são da Agência Câmara.

A prioridade vai apenas para a mulher no caso de imóveis comprados durante o casamento ou união estável. No caso de haver filhos e o pai ficar com a guarda deles após a separação, o imóvel comprado durante a vida em comum ficará com ele. Em caso de guarda compartilhada, vale a regra geral e a propriedade ficará com a mulher.

A agência informa que a exceção à essa nova regra é no caso de imóveis comprados com recursos do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS), que possui normas próprias. O texto também permite que mulheres entrem no Minha Casa, Minha Vida sem a necessidade de assinatura de maridos. Para tanto, a renda familiar mensal deve ser inferior a R$ 1.395.

O anúncio foi feito pela presidente Dilma Rousseff no Dia Internacional da Mulher, comemorado em 8 de março.

Acesse em pdf: Câmara aprova MP que prioriza a mulher no Minha Casa, Minha Vida (Jornal do Brasil – 19/06/2012)  

Compartilhar: