28/01/2011 – Uma revolução moral sem precedentes, por Debora Diniz (Folha)

343
0
Compartilhar:
image_pdfPDF

(Folha de São Paulo) A antropóloga Debora Diniz, professora da Universidade de Brasília e pesquisadora da Anis – Instituto de Bioética, Direitos Humanos e Gênero, assina artigo publicado na seção Tendências/Debates em que comemora a nova resolução do Conselho Federal de Medicina (CFM), que define que “todas as pessoas capazes podem ser receptoras das técnicas de reprodução assistida”.

“A antiga resolução do Conselho Federal de Medicina era discriminatória, ao restringir o acesso às tecnologias reprodutivas a mulheres ou casais heterossexuais. Foi uma longa espera para que essa marca heterossexista da sociedade brasileira fosse reparada.”

“O segundo passo dessa revolução será a mudança nas concepções privadas de cada médico sobre definições de família e filiação.”

Leia artigo na íntegra: Desejo de filhos, por Debora Diniz (Folha de S.Paulo – 28/01/2011)

Compartilhar: