Católicas pelo Direito de Decidir: A violência simbólica que fere a alma

1786
0
Compartilhar:
image_pdfPDF

(Católicas pelo Direito de Decidir, 08/12/2015) A violência simbólica está por todos os lados. E ela é sorrateira. No comentário sobre a roupa que a mulher usa, no controle da sua liberdade sexual, no preconceito contra a mulher que estaria fora dos ‘padrões’ absurdos de beleza, nas barreiras ao aborto legal e seguro, na vigilância sobre as escolhas que faz na maternidade, nas críticas aos seus ‘modos’, no questionamento sobre sua inteligência, etc., etc., etc. Quem é mulher sabe, a lista é enorme. Mas muitas vezes temos dificuldades de perceber ou ainda responder a tais agressões. E é por isso que precisamos falar de violência simbólica. Sobre este assunto, convidamos Maria Teresa Citeli, doutora em Sociologia pela USP e pesquisadora do Labjor (Laboratório Avançado de Jornalismo Científico da Universidade Estadual de Campinas). É preciso que todas as mulheres lutem contra este tipo de violência que muitas vezes não traz consequências para o corpo, mas infligem nossa alma, nossa maneira de estar e conquistar espaços na vida.

Acesse no site de origem: Católicas pelo Direito de Decidir: A violência simbólica que fere a alma (Católicas pelo Direito de Decidir, 08/12/2015)

Compartilhar: