Como Biden impacta na agenda antiaborto defendida pelo governo Bolsonaro

Compartilhar:
image_pdfPDF

(Universa | 30/01/2021 | Por Nathália Geraldo)

No oitavo dia de seu mandato como presidente dos EUA, Joe Biden revogou, na quinta-feira (28), uma regra que impede que ONGs estrangeiras que oferecem serviços de aborto ou aconselhamento sobre o tema recebam financiamento dos EUA e restaurou o financiamento federal, cortado anteriormente por Trump, para programas domésticos de planejamento familiar ligados a abortos, como o Planned Parenthood. As duas medidas faziam parte das promessas de campanha do democrata. Do Salão Oval, Biden falou que a ação “desfaz o dano que Trump produziu” em relação ao acesso da saúde da mulher.

Acesse a matéria completa no site de origem.

 

Compartilhar: