Rio orienta turistas a cobrirem o corpo nas Olímpiadas

505
0
Compartilhar:
image_pdfPDF

(PB agora, 12/07/2016)  O Ministério da Saúde lançou, nesta segunda-feira (11), um portal para que turistas se informem sobre maneiras de se proteger contra doenças e problemas de saúde durante as Olimpíadas, que acontecem em agosto no Rio de Janeiro. Apesar do ministro Ricardo Barros já ter afirmado que o risco de infecção por zika vírus será quase zero durante os Jogos, as orientações de prevenção da doença estão presentes no site.

Para que o viajante se proteja do mosquito Aedes aegypti, que também pode transmitir dengue e chikungunya, a pasta orienta que os turistas se hospedem em locais com telas de proteção nas portas e janelas e que tenham instalados ar-condicionado ou ventilador. Uma alternativa é levar um mosquiteiro para a viagem, proteção que a delegação de Hong Kong já vai ter em seus kits.

No dia a dia, devem ser usadas roupas com mangas longas, calças, meias e sapatos fechados. O uso de repelente, claro, não ficou de fora das orientações. Como há indícios de que a doença possa ser transmitida sexualmente, o ministério reforçou a necessidade de usar camisinha durante o ato.

Grávidas e o zika

A orientação para que mulheres grávidas evitem ambientes com a presença de mosquitos foi mantida. As futuras mamães que vierem aos Jogos devem usar apenas repelentes recomendados pelo médico para o período da gestação e roupas de manga longa.

Aquelas que permanecerem em seus países, mas que os parceiros estiveram em regiões com surto de zika, devem evitar o sexo sem proteção por oito semanas após o retorno, período que deve ser estendido por pelo menos seis meses no caso da pessoa sentir algum dos sintomas da doença.

Mapa do SUS

O portal “Saúde do Viajante”, que está disponível em português, inglês e espanhol, também traz informações sobre problemas como intoxicação alimentar, cuidados com o sol e gripe, além de um mapa com a localização das unidades de pronto atendimento do Sistema Único de Saúde (SUS) no Rio de Janeiro. Pelo site também é possível encontrar o contato de serviços como o de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).

Acesse o site de origem: Orientações sobre zika vírus a turistas são divulgadas no site do Rio 2016 (PB agora, 12/07/2016)

Compartilhar: