PB investiga 259 casos suspeitos de microcefalia, diz Ministério da Saúde

435
0
Compartilhar:
image_pdfPDF

(G1/PB, 20/07/2016) Casos confirmados não tiveram aumento em relação ao último boletim. Desde o início das investigações, já foram notificados 893 casos.

A Paraíba está investigando 259 casos suspeitos de microcefalia ou malformações, sugestivas de infecção congênita, segundo dados divulgados nesta quarta-feira (20) pelo Ministério da Saúde. O número de casos confirmados não teve aumento em relação ao último boletim, divulgado em 6 de julho, e segue em 148.

Desde o início das investigações, em outubro do ano passado, já foram notificados 893 casos suspeitos de microcefalia na Paraíba. Desses, já foram descartados 486 casos.

O Ministério da Saúde considera que houve infecção pelo Zika na maior parte das mães que tiveram bebês com diagnóstico final de microcefalia. Porém, ressalta que a malformação pode ter como causa diversos agentes infecciosos além do Zika, como Sífilis, Toxoplasmose, Outros Agentes Infecciosos, Rubéola, Citomegalovírus e Herpes Viral.

A pasta informa que está investigando todos os casos de microcefalia e outras alterações do sistema nervoso central informados pelos estados, além da possível relação com o vírus da Zika e outras infecções congênitas.

Acesse  site de origem: PB investiga 259 casos suspeitos de microcefalia, diz Ministério da Saúde (G1/PB, 20/07/2016) 

Compartilhar: