Governo define indicadores para acompanhamento da saúde da mulher

2505
0
Compartilhar:
image_pdfPDF

(SPM-PR, 10/06/2014) A Secretaria de Políticas para as Mulheres da Presidência da República (SPM-PR) e o Ministério da Saúde trabalham na definição de indicadores para monitoramento da saúde da mulher, numa parceria com Organismos de Políticas para as Mulheres (OPMs). Técnicos dos dois órgãos realizam uma oficina para finalizar o sistema de acompanhamento da Política Nacional de Atenção Integral à Saúde da Mulher (Pnaism), em Brasília, nesta terça e quarta-feira (10 e 11/06).

A ideia é promover ações integradas. “A desigualdade deve ser trabalhada de maneira integral”, pontuou a secretária de Articulação Institucional e Ações Temáticas da SPM, Vera Soares. Promover medidas complementares é um desafio dos articuladores de política pública.

Técnicas da SPM e do MS participam da oficina nesta terça e quarta-feira. Foto: Roseli Garcia/SPM

A coordenadora de Saúde da SPM, Rurany Silva, ressalta que o objetivo do monitoramento é ter uma atenção de qualidade na saúde para todas as mulheres. Ao término da oficina, os indicadores para acompanhamento do Pnaism estarão validados.

A representante do Ministério da Saúde, Ana Cunha, disse que a partir da Conferência Internacional sobre População e Desenvolvimento das Nações Unidas, ocorrida no Cairo (Egito) em 1994 foi possível dar um novo tom sobre direitos reprodutivos e a uma vida sexual da mulher. Ana Cunha defende que para a mulher exercer esses direitos, ela precisa ter acesso a serviços de saúde e informações.

Comunicação Social
Secretaria de Políticas para as Mulheres – SPM
Presidência da República – PR

Acesse o site de origem: Governo define indicadores para acompanhamento da saúde da mulher

 

 

Compartilhar: