ONU discute situação de mulheres vítimas do Zika no Recife

657
0
Compartilhar:
image_pdfPDF

(Rádio Jornal, 14/04/2016) O objetivo é discutir, até sexta-feira (15), uma resposta nacional a epidemia de Zika.

Organizações da sociedade civil, representantes da ONU, Fiocruz e dos governos de Pernambuco e Bahia, estados com maior número de casos de microcefalia, participam do 2° Encontro Sala de Situação, em um hotel em Boa Viagem, na zona Sul do Recife.

O objetivo é discutir, até sexta-feira (15), uma resposta nacional a epidemia de zika. Jaime Nadal é representante do Fundo das Nações Unidas para atividades populacionais, UNFPA, e considera a crise causada pelo mosquito Aedes Aegypti uma oportunidade para o Brasil rever modelos estruturais e de desenvolvimento. “O foco do evento é gerar uma plataforma para falar sobre a situação atual, políticas públicas e como desenvolver um engajamento maior da sociedade civil”, disse.

O evento, um desdobramento da análise conjunta realizada em março em Brasília, discute também a proteção e o cuidado da mulher, quem é a maior prejudicada no caso de Zika e microcefalia a fim de que se garanta direitos.
E nele podem ser definidas ações de mobilização eficazes para inclusive proporcionar o adiamento de gravidez neste momento de riscos de síndrome de Zika congênita, em especial microcefalia.

Nadine Gasman, representante da ONU mulheres Brasil, fala das perspectivas das mulheres sobre as consequências do Zika. “Agora, trazemos para discussão a necessidade das mulheres, que pesquisas são necessárias, que tipo de ações comunitárias tem que ser feitas e que informações elas precisam em relação a vida sexual e reprodutiva, quais serviços podem demandar”, afirmou.

Pernambuco permanece na lista de estado com maior número de casos notificados por microcefalia. O boletim epidemiológico divulgado nesta terça-feira (12), pela Secretaria de Saúde do estado, aponta 1849 casos notificados, sendo 312 confirmados e 664 descartados e 873 continuam sob investigação.

Rafael Carneiro

Acesse no site de origem: ONU discute situação de mulheres vítimas do Zika no Recife (Rádio Jornal, 14/04/2016)

Compartilhar: