Uma história de Aborto – 28 de set – Dia Latino-americano e Caribenho de Luta Pela Legalização do Aborto

Compartilhar:
image_pdfPDF

Ela só tinha 19 anos. E nenhuma condição. A casa era minúscula. O namorado a largou. Sabia que não era a hora de ter um filho. Sem recursos ou informação, usou o que encontrou e horas depois estava sangrando na cama de um hospital por conta de um aborto inseguro.

(Nem Presa Nem Morta, 28/09/2018 – acesse no site de origem)

A verdade é que ninguém é contra ou a favor do aborto. Ninguém quer ter que precisar fazer um aborto. Mas ele acontece. E acontece com mais 500 mil mulheres todos os anos no Brasil.

A história do vídeo é real, se repete e vai continuar se repetindo enquanto o aborto ainda for crime no Brasil.

Você quer que as mulheres continuem arriscando as suas vidas para interromper uma gravidez indesejada?

***
Neste 28 de Setembro, Dia Latino-americano e Caribenho de luta pela descriminalização e legalização do aborto, a Campanha Nem presa nem morta e o Não Me Kahlo lançam esta animação para visibilizar essa prática tão comum na vida reprodutiva das brasileiras.

Também entrevistamos especialistas e falamos mais sobre os desafios da descriminalização do aborto no Brasil neste artigo, confira: http://bit.ly/LegalizeJá

Compartilhe esse vídeo #PelaVidaDasMulheres #NemPresaNemMorta #ViradaFeminista

Compartilhar: