Viva Maria: Campanha alerta sobre direitos reprodutivos da mulher

716
0
Compartilhar:
image_pdfPDF

(Rádio Agência Nacional, 02/05/2016) O Viva Maria com Saúde desta segunda-feira (2) apresenta a mais nova campanha do Grupo Curumim de Recife (PE), que tem o objetivo de conscientizar as mulheres sobre os riscos da contaminação pela síndrome congênita provocada pelo vírus Zika.

Além de cartazes, folhetos, vídeos, o rádio também integra a estratégia de comunicação da campanha, com mensagens assinadas por cantoras como Nega do Babado.

A coordenadora do Grupo Curumim e responsável pela comunicação da ONG, Paula Viana, explica que a ação quer estimular o debate sobre os direitos reprodutivos da mulher, principalmente neste momento em que a epidemia do Zika torna as informações ainda mais necessárias: “se ela corre risco de morte, ela tem o direito de interromper a gravidez em qualquer momento. A mulher pode entrar com um pedido para que o juiz conceda um alvará e no médico ela vai interromper aquela gravidez. Essa epidemia traz a necessidade de informação de direitos que muitas vezes não são revelados pelos serviços de saúde.”

Paula Viana participou do 9º Seminário “Mulher e Mídia”, organizado pelo Instituto Patrícia Galvão, ONU Mulheres e Fundação Ford, nos dias 22 e 23 de abril.

Apresentação Mara Régia

Acesse o site de origem:  Viva Maria: Campanha alerta sobre direitos reprodutivos da mulher (Rádio Agência Nacional, 02/05/2016)

Compartilhar: