Emojis retratam mulheres apenas como noivas ou princesas, não como trabalhadoras, aponta pesquisa

1602
0
Compartilhar:
image_pdfPDF

(Opera Mundi, 08/03/2016) Segundo estudo, 50% das jovens que usam emojis acreditam que representação é limitada; figuras ajudam a construir ‘discurso hegemônico sobre questões de gênero e formação de estereótipos’, diz historiador

A organização sem fins lucrativos Consortium Unicode, responsável por padronizar a forma como símbolos de pontuação e caracteres são representados em diferentes sistemas informáticos, apontou nesta segunda-feira (07/03) que mulheres são representadas nos emojis apenas como noivas, princesas, vestidas de rosa ou pintando as unhas.

Além disso, um levantamento da campanha “#LikeAGirl” (Como uma menina) da empresa Always indicou que 82% das jovens entre 16 e 24 anos usa emojis diariamente e 50% delas acredita que exista uma representação limitada dos interesses das mulheres nos emojis.

Mulheres são representadas nos emojis apenas como princesas, noivas ou vestidas de rosa (Foto: Reprodução)

“Uma adolescente que usa emojis com muita frequência às vezes não encontra o que a representa no momento de gerar uma narrativa ou um diálogo escrito. Os meios têm de perceber essas questões vinculadas a gênero”, disse à agência de notícias argentina Télam a diretora da organização de inclusão das mulheres na tecnologia Chicas Poderosas, Yamila García.

“Os emojis são uma das manifestações da construção do discurso hegemônico sobre questões de gênero e formação de estereótipos. Nós construímos que está na biologia da mulher realizar certas tarefas, o que não é verdade”, disse à Télam o historiador do Conselho Nacional de Investigações Científicas e Técnicas da Argentina, Rodrigo Illaraga.

Para ele, é necessária a “destruição de certos estereótipos”, reforçados por mecanismos como os emojis.

A incorporação de novos emojis é possível e já foi feita, por exemplo com a petição “Diversify my Emoji” (Diversifiquem meus Emojis”), de 2014, através da qual foram incluídas cinco novas cores de pele para as figuras humanas. Também existem sites específicos que permitem a construção de emojis personalizados, mas eles não se tornam padrão para todos os sistemas, sendo exclusivos para quem os criou.

Acesse no site de origem: Emojis retratam mulheres apenas como noivas ou princesas, não como trabalhadoras, aponta pesquisa (Opera Mundi, 08/03/2016)

Compartilhar: