Gov. do MS: Palestra de especialista abre Campanha do Mês da Mulher

1021
0
Compartilhar:
image_pdfPDF

(Gov. do MS) A abertura da Campanha do Mês da Mulher que aconteceu na manhã desta segunda-feira (10), realizada pela Subsecretaria da Mulher e da Promoção da Cidadania de Mato Grosso do Sul, contou com uma palestra da diretora-executiva do Instituto Patrícia Galvão – Mídia e Direitos, Jacira Melo. A campanha tem como tema “Toda mulher traz dentro de si a força para chegar onde quiser”.

De acordo com Jacira, hoje no Brasil as mulheres representam 49,4% da força de trabalho do País e isso mostra uma grande mudança no cenário da população economicamente ativa (pea). De acordo com a palestrante isso se deve, em grande parte, às políticas públicas desenvolvidas para a inserção da mulher no cenário econômico. “Já estamos representando quase 50% da força de trabalho, porém, ainda há preconceito e precisamos ganhar mais reconhecimento. Para se ter uma ideia de outro fato que atrapalha a mulher a se posicionar na sociedade, as creches conseguem suprir apenas 20% da demanda de vagas para crianças entre zero e três anos. Isso faz com que a mulher fique sobrecarregada de trabalho, pois precisa ter uma vida profissional, cuidar da casa e dos filhos”, destaca.

A diretora do Instituto Patrícia Galvão ressaltou ainda que o nível de conhecimento da mulher e de acesso a educação tem aumentado consideravelmente, contribuindo ainda mais para que sua posição na sociedade seja buscada de forma mais ampla. “Nos anos 60 a mulher brasileira tinha, em média, dois anos de estudo e hoje, já chegamos a oito anos. Com mais acesso a informação e conhecimento, a mulher saiu em busca da sua autonomia e afirmação na sociedade”.

Investimentos em MS

De forma a contribuir para a inserção da mulher no mercado de trabalho, enfrentar a violência de gênero e desenvolver políticas públicas para a mulher, o governo do Estado em parceria com o governo Federal, através da Subsecretaria da Mulher e da Promoção da Cidadania, investiu desde o ano de 2009, cerca de R$ 5,8 milhões em políticas de enfrentamento à violência, campanhas, capacitações de pessoal, além da criação de Centros de Referência de Atendimento à Mulher em situação de violência.

Segundo a subsecretária da Mulher, Tai Loschi, desde 2007, foram criados nove Centros de Atendimento à Mulher nos municípios de Aquidauana, Corumbá, Coxim, Fátima do Sul, Jardim, Naviraí, Paranaíba, Ponta Porã e Três Lagoas. Além disso, foram criados organismos municipais de políticas para as mulheres em outros 13 municípios do interior de Mato Grosso do Sul. “Temos que destacar que Campo Grande é líder entre as capitais quando o assunto é o Disque 180, canal onde as mulheres podem fazer denúncias e até mesmo reclamações a serviços mal prestados por qualquer ente envolvido no processo. Isso se deve porque realizamos campanhas de massa, palestras e investimentos constantes para fortalecer a rede de enfrentamento à violência e de forma contínua, capacitamos gestoras, mulheres da sociedade, além de mulheres quilombolas e índias. Isso faz com que nosso estado seja destaque no cenário nacional”, finalizou Tai Loschi.

Mês da Mulher

Durante todo o mês serão realizados 134 eventos para promover a igualdade de gênero e chamar a atenção da população para as políticas públicas da mulher. Serão oficinas de artesanato, palestras, passeatas, blitze educativas em alusão ao Dia Internacional da Mulher, feiras que oportunizam às mulheres comercializarem produtos artesanais e alimentícios, tendo como objetivo sua independência financeira, além de homenagens. Os eventos serão realizados em diferentes municípios do Estado.

Acesse o PDF: Palestra de especialista abre Campanha do Mês da Mulher (Gov.do MS – 10/03/2014)

 

 

Compartilhar: