Governo finlandês premia projetos que promovam igualdade de gênero: inscrições até 31/12/2018

Compartilhar:
image_pdfPDF

Estão abertas, até 31 de dezembro, as inscrições para o Prêmio Igualdade de Gênero, promovido pelo Governo da Finlândia. A premiação é destinada a uma pessoa ou organização que trabalhe com a temática de maneira internacionalmente significativa. O valor foi duplicado e nesta edição será de 300 mil euros.

(MDH, 16/11/2018 – acesse no site de origem)

O prêmio, criado em 2017 em homenagem ao centésimo aniversário da Independência da Finlândia, foi concedido pela primeira vez à chanceler alemã Angela Merkel, cujo trabalho de vida a tornou uma das pessoas mais influentes do mundo e um exemplo para muitas mulheres e meninas.

“A igualdade de gênero é um valor central da sociedade finlandesa. A Finlândia seria um país muito diferente se as mulheres e meninas não tivessem participado da criação da sociedade e do bem-estar social. Com este prêmio, pretendemos promover a igualdade no cenário internacional, levantando discussões sobre a igualdade e destacando importantes temas relacionados, como a violência contra as mulheres”, afirmou o primeiro-ministro Juha Sipilä.

O valor da premiação não é para uso pessoal, deve ser utilizado em prol da promoção da igualdade de gênero. A chanceler Angela Merkel concedeu o prêmio em dinheiro (150 mil euros em 2017) a uma ONG que trabalha para promover os direitos das mulheres e das crianças em Níger, na África. A organização SOS Femmes et Enfants Victimes de Violence Familiale está utilizando o dinheiro do prêmio para construir um abrigo residencial para vítimas de violência doméstica na capital, Niamey.

O Governo da Finlândia concede o prêmio com base na sugestão de um júri internacional. Os membros do júri para 2019 são Pekka Haavisto (presidente), membro do Parlamento, Eva Biaudet, presidente do Conselho Nacional de Mulheres da Finlândia, Katja Iversen, presidente e CEO da Women Deliver, Anneli Jätteenmäki, membro do Parlamento Europeu e primeiro primeiro-ministro feminino da Finlândia, e Dean Peacock, co-fundador e co-diretor executivo da ONG sul-africana Sonke Gender Justice.

O Prêmio Internacional de Igualdade de Gênero é atribuído uma vez a cada dois anos em cooperação com a cidade de Tampere. O próximo prêmio será concedido no outono de 2019.

Faça sua inscrição

Compartilhar: