Impactos da Covid-19 na vida das mulheres negras é tema de webinário especial realizado por UNFPA e ABEP

Compartilhar:
image_pdfPDF

Em alusão ao Dia Internacional da Mulher Afro-Latino-Americana e Caribenha, o evento virtual terá a participação da youtuber Gabi Oliveira, das pesquisadoras Jaqueline Gomes, Givânia Silva e da secretária Estadual de Promoção da Igualdade Racial da Bahia, Fabya Reis

(UNFPA | 21/07/2020 | Acesse no site de origem)

Considerando o dia 25 de Julho, uma data marco do Dia Internacional da Mulher Afro-Latino-Americana e Caribenha e Dia Nacional de Tereza de Benguela e da Mulher Negra, é fundamental o debate sobre as desigualdades enfrentadas pelas mulheres negras em todo o mundo, no atual contexto da pandemia, sobretudo no Brasil, em que o público está na base da pirâmide social, sendo afetada socioeconomicamente em diversos setores, desde o acesso aos serviços de saúde, educação, moradia, justiça, entre outros.

Sejam nas grandes áreas urbanas, ou nas comunidades tradicionais (quilombolas, indígenas, ribeirinhas, ciganas, entre outros), as intersecções de gênero e raça impactam diretamente os destinos destas mulheres, muitas vezes interrompidas por altos índices de morte materna, diabetes, hipertensão e casos de violência doméstica. Durante a pandemia, estes e outros problemas se agravam e o debate e proposição de caminhos para garantir os direitos de todas é fundamental.

Diante deste cenário, a Associação Brasileira de Estudos Populacionais (ABEP) e o Fundo de População das Nações Unidas (UNFPA Brasil) realizam nesta quarta-feira (22), a 13ª edição da série População e Desenvolvimento em Debate, e será discutido os impactos da COVID-19 na vida das mulheres negras. O evento conta com a participação da jornalista e youtuber, Gabi Oliveira; da professora do Instituto Federal do Rio de Janeiro, Jaqueline Gomes; da pesquisadora quilombola e co-fundadora da CONAQ, Givânia Silva e da secretária Estadual de Promoção da Igualdade Racial da Bahia, Fabya Reis. E terá a facilitação de Midiã Noelle, assistente de Programa no UNFPA Brasil.

Assista a transmissão do webinário no canal do UNFPA Brasil no YoutubeCaso queira receber o certificado de participação e ter acesso às apresentações do webinário, inscreva-se em:  https://bit.ly/32JakEN

 

Palestrantes

Gabi Oliveira, jornalista e Youtuber
Gabi Oliveira é graduada em Comunicação Social e com quase 5 anos de trabalho na internet, conquistou notório reconhecimento, tendo chegado a marca de mais de 1 milhão de seguidores em suas redes, sendo um dos canais participantes do programa Creators For Change, da Google. Atualmente, também colabora na campanha Ela Decide do UNFPA Brasil. Vencedora do concurso Youtube Nextup e atual embaixadora Seda Brasil, Gabriela está na lista de mulheres inspiradoras da Think Olga, celebra a nova fase coordenando o reposicionamento de conteúdo de um canal com mais de 15 milhões de seguidores adolescentes, Canal IN, e já palest rou no B razil Conference na Universidade de Harvard, Rio2C e outros eventos renomados. Além disso, sua palestra no TEDx intitulada “Um novo olhar sobre a pessoa negra; novas narrativas importam” conta com um considerável número de visualizações na plataforma Youtube.

Jacqueline Gomes de Jesus, professora do Instituto Federal do Rio de Janeiro
Doutora em Psicologia Social, do Trabalho e das Organizações pela Universidade de Brasília (UnB), com pós-doutorado pela Escola Superior de Ciências Sociais da Fundação Getúlio Vargas (CPDOC/FGV). Pesquisadora-líder do ODARA – Grupo Interdisciplinar de Pesquisa em Cultura, Identidade e Diversidade (CNPq) e coordenadora do Núcleo de Diversidade NDIVAS Marielle Franco (IFRJ/CNPq). Foi a primeira gestora do Sistema de Cotas para Negras e Negros da UnB, tendo sido Assessora de Diversidade e Apoio aos Cotistas e Coordenadora do Centro de Convivência Negra. Autora de diversas publicações, entre elas os livro s ” Transfeminismo: Teorias e Práticas”, “Ainda que tardia: Escravidão e Liberdade no Brasil Contemporâneo” e “Eu Não Sou Uma Mulher? E outros discursos de Sojourner Truth”.

Givânia Silva, professora e pesquisadora quilombola, co-fundadora da CONAQ
Givânia Silva é de Conceição das Crioulas, professora e pesquisadora quilombola, membro associada a Associação Brasileira de Pesquisadores/as Negros/as (ABPN), co- fundadora da Coordenação Nacional de Articulação das Comunidades Negras Rurais Quilombolas – CONAQ, integrante dos coletivos de mulheres e educação da CONAQ e membra do Conselho Diretor da Terra de Direitos. Professora substituta da Faculdade UnB Planaltina (FUP) e integrante do Núcleo Estudos Afro-Brasileiros (NEAB) e do Programa de Pós-Graduação em Direitos Humanos e Cidadania da UnB.

Fabya Reis, secretária Estadual de Promoção da Igualdade Racial da Bahia
Fabya Reis é a atual Secretária da Secretaria de Promoção da Igualdade Racial, do estado da Bahia (SEPROMI). Natural de Itamaraju (extremo sul da Bahia), ocupava a chefia de Gabinete da Sepromi antes de se tornar Secretária. No mesmo órgão ainda foi coordenadora executiva de Políticas para Comunidades Tradicionais (CPCT). Na gestão pública, além da Sepromi e SPM, passou pela Secretaria de Desenvolvimento Social e Combate à Pobreza (Sedes).
Graduou-se em administração, focando nas dinâmicas do terceiro setor. Em 2008 concluiu seu mestrado em Sociologia pela Universidade Federal de Campina Grande (UFCG). Na mesma instituição de ensino tornou-se Doutora em Ciências Sociais, no ano de 2012.

Facilitadora – Midiã Noelle, Assistente de Programa no UNFPA Brasil

 

Serviço

Série População e Desenvolvimento em Debate
Tema: “Impactos da COVID-19 na vida das mulheres negras”
Dia: 22/07/2020
Horário: 15h às 17h
Local: Youtube UNFPA Brasil

Compartilhar: