Governança na internet: por uma rede democrática – por Vera Vieira

697
0
Compartilhar:
image_pdfPDF

A jornalista e coordenadora brasileira do projeto MDG3 (Fortalecendo o Uso Estratégico das Tecnologias da Informação e Comunicação, no Combate à Violência contra as Mulheres e Crianças) faz um relato acerca das principais discussões ocorridas na 2ª Reunião Latino-Americana e Caribenha Preparatória ao Fórum de Governança na Internet (em inglês, IGF – Internet Governance Forum), realizada de 11 a 13 de agosto no Rio de Janeiro.

Apesar dos grandes avanços obtidos nas quatro últimas décadas graças ao empenho dos movimentos de mulheres e feminista, “tecnologia continua a ser ‘assunto de homem'”, afirma Vera Vieira. Em sua avaliação, uma prova dessa desigualdade de gênero quando se trata de tecnologias de comunicação foi a presença de 60% de homens nessa reunião, que contou com a participação de mais de cem pessoas, entre representantes de ONGs (49%), da academia (19%), do governo (17%) e do setor privado (15%).

“Governança na internet significa criar processos para garantir a regulamentação do acesso à informação digital na Net”, explica Vera Vieira.

Em seu artigo, Vera comenta os painéis e debates ocorridos e explica o que é o IGF, os documentos que se originaram da Cúpula Mundial sobre a Sociedade da Informação, convocada pelas Nações Unidas em 2003 e 2005, e o funcionamento do Comitê Gestor da Internet no Brasil.

Para saber mais, acesse esse artigo em pdf.

Compartilhar: