10/09/2010 – Para cumprir cota, partidos usam candidatas laranjas (Estadão)

485
0
Compartilhar:
image_pdfPDF

(Estadão.com) “Ficha de registro com imagem de boneca de pano no lugar da foto da candidata. Em vez de plataforma política, favores para ‘encher o partido’. Entre as candidatas aos cargos de deputada estadual e federal no Estado do Rio, pelo menos 70 tiveram seus registros negados pelo Tribunal Regional Eleitoral (TRE) por suspeita de fraude.”

Reportagem do Estadão informa que o Ministério Público Eleitoral está investigando suspeitas de fraude em candidaturas apresentadas no Rio de Janeiro. Segundo o MPE, alguns partidos não conseguiram candidatas suficientes para cumprir a cota de 30% de candidaturas femininas determinada pela legislação eleitoral. Assim, arranjaram “laranjas” – entre elas, há mulheres que dizem que nem sabiam do registro de suas candidaturas.

A maioria dos pedidos suspeitos de fraude foram apresentados sem a assinatura das candidatas. Há contudo solicitações que apresentam imagens de bonecos ou de pessoas diferentes no lugar da foto da candidata. No registro de uma candidata ao cargo de deputada federal pelo Partido Republicano Progressista (PRP) havia a foto de um homem.

Leia maisPara cumprir cota, partidos usam candidatas laranjas (Estadão.com – 10/09/2010)

Compartilhar: