ONU nomeia primeira mulher como chefe de assuntos políticos

Compartilhar:
image_pdfPDF

O secretário-geral da ONU, António Guterres, nomeou na semana passada (28) a diplomata norte-americana Rosemary DiCarlo como subsecretária-geral para Assuntos Políticos. Ela é a primeira mulher a ocupar o cargo.

(ONU Brasil, 02/04/2018 – acesse no site de origem)

Como subsecretária e chefe do Departamento de Assuntos Políticos, ela irá assessorar o secretário-geral da ONU sobre questões de paz e segurança globalmente; supervisionará iniciativas e missões políticas de campo para a paz e ações de diplomacia preventiva. Ela também irá supervisionar a assistência eleitoral fornecida pela ONU a dezenas de Estados-membros anualmente.

Rosemary é presidente do Comitê Nacional de Política Internacional dos Estados Unidos e pesquisadora da Universidade de Yale. A diplomata sucede Jeffrey Feltman, também dos Estados Unidos, que foi nomeado por Ban Ki-moon em 2012 e encerrou seu mandato no sábado (31).

Em coletiva de imprensa na semana passada (29), o secretário-geral da ONU disse que, durante seu trabalho, Feltman teve “dedicação extraordinária, enorme inteligência e compromisso total com a ONU, seus valores e com a paz e segurança no mundo”.

Sobre Rosemary, o chefe da ONU disse acreditar que ela será “uma contribuição muito importante” para o trabalho das Nações Unidas. Guterres lembrou que a nova chefe política da Organização “traz consigo décadas de extraordinária experiência diplomática”.

No Departamento de Estado norte-americano, Rosemary atuou em 2013 como vice-embaixadora do país junto às Nações Unidas. Na ocasião, representou os EUA no Conselho de Segurança, na Assembleia Geral e em agências da ONU.

Rosemary estudou na Universidade de Brown, em Rhode Island, onde obteve licenciatura e doutorado em literatura e línguas eslavas. Além de inglês, fala francês e russo. Ela nasceu em Providence, Rhode Island, em 1947. Como diplomata, trabalhou nas embaixadas de Moscou, na Rússia, e Oslo, na Noruega.

Compartilhar: