“Resposta ao patriarcado”: lésbicas, elas serão vereadoras e fazem história

Compartilhar:
image_pdfPDF

“No Brasil todo foram 13 lésbicas eleitas, não só em capitais, mas em outras cidades. Aqui em Florianópolis, ter sido a primeira mulher lésbica eleita, e estar entre 5 mulheres numa Câmara, numa cidade em que até então, em 2019, tinham passado pela Câmara apenas 13 mulheres, já é um fato histórico”, analisa Carla Ayres.

(Morango/Universa/UOL | 19/11/2020 | Por Ana Angélica Martins Marques, colunista do UOL)

Carla é Carla Ayres, graduada em Ciências Sociais, com mestrado em Ciências Políticas e doutorado em Sociologia Política, e também a primeira mulher assumidamente lésbica a conquistar o cargo de vereadora (PT) em Florianópolis, capital catarinense.

Para Carla Ayres, a representatividade em espaços de poder impacta diretamente a vida da população LGBTQIA+.

Acesse essa matéria na íntegra no site de origem

Compartilhar: