Representante da ONU Mulheres fala sobre o conservadorismo social de gênero

705
0
Compartilhar:
image_pdfPDF

(Câmara Notícias, 29/10/2014) A nossa sociedade ainda é muito dividida e conservadora quando se discutem os papéis dos homens e das mulheres.

Segundo pesquisa da Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República, 81,5% das meninas arrumam a própria cama; mas, quando se trata de meninos, o percentual é de apenas 11,6%.  No caso de lavar louça então, só 12,5% dos garotos encaram a tarefa. Para 76,8% das meninas, isso é comum.

Quando adultos, os homens e mulheres também têm papéis divididos, mesmo com as transformações da nossa sociedade. Afinal, por que isso acontece? Esses papéis têm de ser revistos?

Ouça a matéria com a convidada Nadine Gasman, representante da ONU Mulheres:

Fabiana Melo

Acesse no site de origem: Representante da ONU Mulheres fala sobre o conservadorismo social de gênero, Bloco 01 (Câmara Notícias, 29/10/2014)

Representante da ONU Mulheres fala sobre o conservadorismo social de gênero, Bloco 02 (Câmara Notícias, 29/10/2014)

Compartilhar: