Sistema das Nações Unidas no Brasil lamenta falecimento de Luiza Bairros

Compartilhar:
image_pdfPDF

(ONU Brasil, 12/07/2016) “Luiza Bairros foi um exemplo para todos nós. São poucos os que conseguem, em seu tempo de vida, realizar tanto pelo aprofundamento da democracia brasileira, pela construção da igualdade racial e pelo empoderamento das mulheres negras”, diz um trecho da nota. Confira na íntegra.

É com pesar que o Sistema das Nações Unidas no Brasil recebe a notícia do falecimento de Luiza Bairros, hoje (12) pela manhã, em Porto Alegre.

Luiza Bairros foi um exemplo para todos nós. São poucos os que conseguem, em seu tempo de vida, realizar tanto pelo aprofundamento da democracia brasileira, pela construção da igualdade racial e pelo empoderamento das mulheres negras. Sua atuação na academia, no movimento negro e no cargo de ministra que ocupou, estando à frente da Secretaria de Políticas de Promoção da Igualdade Racial, demonstram uma vida de compromisso e dedicação para com os movimentos sociais e com a justiça social neste país.

Assim como a sociedade brasileira, o Sistema ONU no país também lhe deve reconhecimento. Luiza Bairros participou ativamente da Conferência de Durban – evento que reuniu em 2001 participantes de 173 países na África do Sul para discutir medidas contra o racismo, a discriminação racial, a xenofobia e intolerâncias correlatas – e seus desdobramentos; ajudou a construir ativamente projetos de vários organismos da ONU para o combate ao racismo; e teve um papel fundamental na fundação do Grupo Temático da ONU sobre Gênero, Raça e Etnia, um dos grupos mais atuantes da ONU Brasil.

Hoje, só nos resta reconhecer e homenagear o legado que ela deixa. É lembrando e cultivando a memória dos feitos, das palavras e das ações de pessoas como Luiza Bairros que nós, que ficamos para trás, construímos a teia que conecta o passado a um futuro comum; iluminamos, ainda que sejam incertos os caminhos, a trilha por que devemos seguir em direção a uma sociedade mais justa e igual, de cujo desenvolvimento ninguém seja esquecido ou deixado para trás.

Aos seus familiares e amigos, a ONU Brasil estende suas sinceras condolências e seu caloroso abraço.

Brasília, 12 de julho de 2016
Sistema das Nações Unidas no Brasil

Acesse no site de origem: Sistema das Nações Unidas no Brasil lamenta falecimento de Luiza Bairros (ONU Brasil, 12/07/2016)

Compartilhar: