Suécia fecha acordo com Equador para interrogar Assange sobre acusação de estupro

686
0
Compartilhar:
image_pdfPDF

(Portal Imprensa, 14/12/2015) A Suécia conseguiu um acordo preliminar com o Equador para interrogar o jornalista e fundador do WikiLeaks, Julian Assange, sobre uma acusação de estupro, informou o governo sueco no último domingo (13/12).

De acordo com a agência de notícias AFP, o Equador exigiu que o documento esteja em atividade antes de o promotor interrogar Assange, que permanece refugiado na embaixada equatoriana de Londres desde 2012.

O australiano teme sair do local pelo risco de enfrentar uma extradição para os Estados Unidos, onde seria processado por ter vazado milhares de documentos confidenciais.

Em março, os promotores suecos sugeriram interrogá-lo em Londres e descartaram o pedido de que fosse enviado ao país para responder às acusações de estupro. O jornalista nega todas as acusações.

A promotoria arquivou a investigação em meados de agosto, depois que o caso prescreveu, mas ainda quer interrogá-lo por outra denúncia, também de agressão sexual, que não prescreve até 2020.

Acesse no site de origem: Suécia fecha acordo com Equador para interrogar Assange sobre acusação de estupro (Portal Imprensa, 14/12/2015)

 

Compartilhar: