Suicídio entre mulheres cresce 50% em 10 anos: “Não sabia como ficar viva”

Compartilhar:
image_pdfPDF

(Uol/Universa | 06/09/2020| Por Luiza Souto)

Caroline, 28, já foi hospitalizada três vezes por risco de suicídio, devido a fortes crises de depressão. A última foi em fevereiro deste ano, quando ao dar entrada numa unidade de saúde sozinha, foi colocada pela equipe médica num leito e recebeu atendimento de seu psiquiatra, para estabilizá-la e conversar. Formada em letras e vivendo em São Paulo, ela, que pediu para não colocar o nome completo, conta que se sentia mal por não estar trabalhando nem conseguir realizar as tarefas domésticas. “Ou seja, por não ter planos nem perspectivas, tanto em casa quanto fora dela”, diz….

Compartilhar: