Aprovada pena maior para morte de mulher decorrente de violência doméstica

1699
0
Compartilhar:
image_pdfPDF

(Agência Câmara, 03/03/2015)  O Plenário da Câmara dos Deputados aprovou o Projeto de Lei 8305/14, do Senado, que inclui o feminicídio como homicídio qualificado, classificando-o ainda como hediondo. A matéria irá à sanção.

Confira aqui a cobertura dos principais jornais:

Estadão: Câmara aprova pena mais rígida e torna assassinato de mulher crime hediondo (O Estado de S. Paulo, 03/03/2015)

Folha SP: Câmara aprova incluir ‘feminicídio’ como agravante no Código Penal (Folha de S. Paulo, 03/03/2015)

O Globo: Câmara aprova projeto que amplia a pena para assassinato de mulheres (O Globo, 03/03/2015)

G1: Câmara aprova pena maior para assassinato de mulheres (G1, 03/03/2015)

O projeto modifica o Código Penal para incluir entre os tipos de homicídio qualificado o feminicídio, definido como o assassinato de mulher por razões de gênero.

Leia também: Assassinato de mulheres vira crime hediondo e punição fica mais rigorosa (Jornal Hoje, 04/03/2015)

Leia na íntegra no Portal da Campanha Compromisso e Atitude: Aprovada pena maior para morte de mulher decorrente de violência doméstica (Câmara Notícias – 03/03/2015)

 

Compartilhar: