Assassinato de mulheres vira crime hediondo e punição fica mais rigorosa

1120
0
Compartilhar:
image_pdfPDF

(Jornal Hoje, 04/03/2015) O feminicídio é um crime motivado unicamente pelo fato da vítima ser mulher. O projeto, aprovado na Câmara dos Deputados, prevê prisão de 12 a 30 anos

A Câmara dos Deputados aprovou, na terça-feira (3), o projeto de lei que torna o feminicídio um crime hediondo. Essa punição mais severa vai valer toda vez que uma mulher for morta por causa de violência doméstica, sexual ou familiar. Para virar lei, este projeto precisa ser sancionado pela presidente Dilma Rousseff.

“É importantíssimo. O Brasil é um dos pouquíssimos países, se não for o único da América Latina e do Sul, que não tipifica como crime hediondo o crime contra as mulheres por razões de gênero”, afirma a ministra da Secretaria de Políticas Para Mulheres, Eleonora Menicucci de Oliveira.

Clique na imagem para assistir à reportagem

Clique na imagem para assistir à reportagem

Fernando Moreira

Leia na íntegra no Portal Compromisso e Atitude: Assassinato de mulheres vira crime hediondo e punição fica mais rigorosa (Jornal Hoje, 04/03/2015)

Compartilhar: