Assédio sexual: o alto custo de ser mulher em um ônibus da América Latina

1040
0
Compartilhar:
image_pdfPDF

(El País, 08/09/2014) Uma pesquisa feita pela ONG Action Aid em quatro estados do Brasil revelou que 44% das mulheres já sofreram assédio sexual no transporte público. Mas esse não é um problema apenas para mulheres brasileiras. Relatos de assédio em Buenos Aires e Cidade do México, por exemplo, ilustram a realidade de insegurança no sistema de transporte público na América Latina. Nos oito primeiros meses de 2014, foram detidas 129 pessoas por esse tipo de comportamento nos sistemas de transporte coletivo em Bogotá, Colômbia, de acordo com dados da polícia local.

Acesse a íntegra no Portal Compromisso e Atitude: Assédio sexual: o alto custo de ser mulher em um ônibus da América Latina (El País, 08/09/2014)

Compartilhar: