Botão ‘Nina’ registra 2 mil assédios em ônibus de Fortaleza; taxa de resolução dos casos é de 11%

Compartilhar:
image_pdfPDF

A função disponível no aplicativo Meu Ônibus, da Prefeitura de Fortaleza, teve uma média de 32 registros mensais na pandemia.

(G1 CE| 14/08/2020 | Isabella Campos)

Desde o dia 6 de março de 2019, quando foi entrou em operação, o Botão Nina já registrou 2.249 denúncias de assédio sexual dentro de ônibus em Fortaleza. No entanto, apesar do volume de ocorrências, apenas 243 (11%) foram concluídas. O dados foram disponibilizados pela Secretaria Municipal de Conservação e Serviços Públicos (SCSP), Pasta que administra a plataforma disponível no aplicativo Meu Ônibus.
De acordo com o levantamento, dos 243 registros concluídos, 207 aconteceram dentro dos transportes públicos, número que representa 85% dessas ocorrências. Já nas paradas de ônibus foram 19 (7.8%) e nos terminais 17 ocorrências (6.9%).

Acesse o artigo completo no site de origem.

Compartilhar: