Câmara de São Paulo tira do Plano de Educação discussão sobre Lei Maria da Penha

685
0
Compartilhar:
image_pdfPDF

(G1, 26/06/2015) O texto do novo Plano Municipal de Educação (PME), em análise na Câmara Municipal de São Paulo, teve excluída pelos vereadores a discussão sobre a Lei Maria da Penha e sofreu uma alteração no trecho sobre educação dos índios. O documento será votado em agosto e deverá conduzir o ensino nas escolas paulistanas durante os próximos 10 anos. Nas últimas semanas, o projeto de lei provocou polêmica por causa da exclusão ou o acréscimo do termo “identidade de gênero”, que estava previsto no texto original. O documento teve o trecho retirado, mesmo com manifestações contrárias de ativistas direitos LGBTs, e foi aprovado na Comissão de Finanças e Orçamento.

Acesse a íntegra no Portal Compromisso e Atitude: Câmara de São Paulo tira do Plano de Educação discussão sobre Lei Maria da Penha (G1, 26/06/2015)

Compartilhar: