Cresce atendimento de saúde por violência de desconhecidos contra mulheres

1046
0
Compartilhar:
image_pdfPDF

(UOL, 02/06/2015) Segundo dados do segundo volume da PNS 2013 (Pesquisa Nacional de Saúde), divulgado nesta terça-feira (2) pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), na análise da média nacional, incluindo homens e mulheres, 2,5% dos brasileiros com mais de 18 anos (3,7 milhões de entrevistados) relataram que foram vítimas de violência de pessoas conhecidas. As maiores proporções foram verificadas nas regiões Norte (3,2%) e Sul (3%). Ainda de acordo com o estudo, feito com dados de 2013, há uma inversão do quadro quando se trata de violência oriunda de pessoas desconhecidas. 3,1% dos brasileiros com mais de 18 anos (4,6 milhões de entrevistados) afirmaram que foram agredidos fisicamente, verbalmente ou emocionalmente por pessoas que eles desconheciam –casos como brigas de rua, tentativas de assalto, entre outros exemplos.

Leia mais:
2,5 milhões de mulheres são vítimas de agressão anualmente
Negros têm menos acesso a planos de saúde, e como as mulheres, são mais discriminados no SUS (IBGE, 02/06/2015)

Acesse a íntegra no Portal Compromisso e Atitude: Cresce atendimento de saúde violência de desconhecidos contra mulheres (UOL, 02/06/2015)

Compartilhar: