Prevenção e Tratamento dos Agravos Resultantes da Violência Sexual contra Mulheres e Adolescentes: Norma Técnica – Ministério da Saúde, 2007

1391
0
Compartilhar:
image_pdfPDF

Visa contribuir para a qualificação dos profissionais de saúde para aplicação de práticas humanizadas na atenção às mulheres e adolescentes que passaram por violência sexual.

Essa publicação ressalta a importância de que o conhecimento técnico-científico dos profissionais de saúde esteja aliado à sensibilidade para aplicação de práticas humanizadas no atendimento a mulheres e adolescentes que sofreram violência sexual.

Segundo o Ministério da Saúde, estima-se que a violência sexual atinja 12 milhões de pessoas por ano no mundo. Mas por medo, vergonha ou outra dificuldade, muitas não denunciam e nem buscam assistência e proteção, escondendo a violência sofrida.

Considerando que a maioria das mulheres busca o sistema de saúde em algum momento de suas vidas – como, por exemplo, quando buscam contraceptivos, quando engravidam e têm filhos ou quando buscam assistência para eles ou para outro parente – os profissionais de saúde estão em posição estratégica para identificar, diagnosticar, dar assistência e, se necessário, encaminhar as mulheres que passaram por violência para os serviços especializados.

Acesse esse documento em pdf.

Compartilhar: