Decreto de presidente interino do Egito criminaliza assédio sexual

1147
0
Compartilhar:
image_pdfPDF

(Folha de S.Paulo – 07/06/2014) O presidente interino do Egito, Adly Mansour, promulgou nesta sexta-feira (6) decreto que transforma o assédio sexual em crime punível com até cinco anos de prisão.

A medida é uma das últimas de Mansour antes de ele transferir o poder, neste domingo (8), a Abdel Fattah al-Sisi, o ex-chefe militar eleito presidente no fim do mês passado, com 96,9% dos votos.

Acesse a íntegra no Portal Compromisso e Atitude: Decreto de presidente interino do Egito criminaliza assédio sexual

Leia também: União Interparlamentar pede ação global para fim da violência a mulheres no Egito (Rádio ONU)

 

Compartilhar: