Dossiê evidencia violência contra as mulheres e cobra do governo políticas públicas de prevenção

Compartilhar:
image_pdfPDF

(CPERS-Sindicato| 09/05/2022 | Por Redação)

Na tarde da última segunda-feira (9), as representantes do Departamento de Gênero e Diversidade do CPERS, diretora Carla Cassais e secretária-geral Suzana Lauermann, participaram do lançamento do dossiê Os Feminicídios no Rio Grande do Sul, elaborado pelo Levante Feminista contra o Feminicídio no RS e apresentado em audiência pública, na Assembleia Legislativa.

O documento denuncia o aumento das mortes, a quase ausência de investimentos na proteção das mulheres e as dificuldades para estruturação de políticas de prevenção.

O dossiê foi apresentado por um conjunto diversificado de mulheres que o elaboraram a partir dos dados do observatório Lupa Feminista Contra o Feminicídio, especializado no tema.

Conforme o levantamento, divulgado pelo Observatório da Violência contra a Mulher, da Secretaria de Segurança Pública do Rio Grande do Sul (SSP/RS), de janeiro a março deste ano, o estado já registrou 27 feminicídios – 35% a mais que no mesmo período do ano passado, em que foram registradas 20 ocorrências.

Acesse a matéria completa no site de origem. 

Compartilhar: