Desde o início do ano, o Brasil registra, em média, 4 feminicídios por dia. Pandemia agrava situação

Compartilhar:
image_pdfPDF

Se somadas as tentativas, o número é ainda mais alarmante: foram 76 vítimas de ódio baseado em gênero

(Metrópoles | 13/01/2021 | Por Rafaela Lima)

[…] 46 mulheres, desde o começo de 2021, foram assassinadas em crimes tipificados como feminicídio, média de 4 a cada 24 horas. Se somadas as tentativas, a quantidade é ainda maior: foram 76 vítimas de ódio baseado em gênero.

Os números não foram comparados com os do mesmo período de 2020, pois os dados do governo são mensais, e não diários. Os órgãos oficiais só divulgaram os índices do primeiro semestre do ano passado, quando 628 mulheres foram vítima de feminicídio.

Segundo levantamento do (M)Dados, núcleo de jornalismo de dados do Metrópoles, com base em casos noticiados pela mídia, as ocorrências aconteceram em 19 estados brasileiros. No triste ranking, o Rio Grande do Sul se destaca com 10 registros — 4 mortes e 7 tentativas. Logo depois, aparece o Paraná, com 6 vítimas fatais e duas sobreviventes.

Acesse a matéria completa no site de origem.

Compartilhar: