Mulheres negras têm 64% mais risco de serem assassinadas do que brancas

Compartilhar:
image_pdfPDF

Mortes violentas de negras sobem, enquanto a de brancas cai; em feminicídios, 2 em 3 vítimas são negras

(Folha de S.Paulo | 19/11/2020 | Por Thaiza Pauluze)

No Brasil, para cada mulher branca vítima de homicídio, foram vitimadas 1,8 mulheres negras (soma de pretas e pardas), segundo o Atlas da Violência 2020.

No ano passado, foram 1.326 mulheres mortas pelo menosprezo e discriminação ao sexo feminino, o chamado feminicídio, uma alta de 7,1% na comparação com o ano anterior, de acordo com o Anuário de Segurança Pública. Do total de vítimas, 67% tinham a mesma cor: negra.

Acesse essa matéria na íntegra no site de origem

Compartilhar: