Webinário O que pensa a sociedade brasileira sobre o feminicídio – Dia 30/11, terça-feira, das 17h às 18h30

Compartilhar:
image_pdfPDF

Jennifer May, Claudia Moraes e Jackeline Romio são convidadas do evento online de lançamento da pesquisa Percepções da população brasileira sobre feminicídio

(Agência Patrícia Galvão | 25/11/2021)

Para marcar o lançamento da pesquisa Percepções da população brasileira sobre feminicídio, o Instituto Patrícia Galvão promove o webinário O que pensa a sociedade brasileira sobre o feminicídio na próxima terça-feira, dia 30 de novembro, das 17h às 18h30. A transmissão será pelo canal do YouTube e do Facebook da Agência Patrícia Galvão.

A embaixadora do Canadá no Brasil Jennifer May, a tenente-coronel da Polícia Militar do  Rio de Janeiro Claudia Moraes e a pesquisadora sobre violência e as intersecções entre gênero, raça e classe social Jackeline Romio serão recebidas pelas diretoras do Instituto Patrícia Galvão Jacira Melo e Marisa Sanematsu, que irão apresentar os dados da pesquisa de opinião realizada em parceria com o Instituto Locomotiva e apoio do Fundo Canadá. 

Segundo os dados, 57% dos brasileiros conhecem alguma mulher que foi vítima de ameaça de morte pelo atual parceiro ou ex, 37% conhecem uma mulher que sofreu tentativa ou foi vítima de feminicídio íntimo e 93% dos entrevistados concordam que a ameaça de morte é uma forma de violência psicológica tão ou mais grave que a violência física. E, ainda, para 97%, mulheres que permanecem em relações violentas estão correndo risco de serem mortas e para 87%, terminar a relação é a melhor forma de acabar com o ciclo da violência doméstica e evitar o feminicídio (saiba mais).

Conheça as convidadas:

Jennifer May é embaixadora do Canadá no Brasil. Mestre em Relações Internacionais pela  Universidade de Viena, Áustria, chegou a Brasília em 2019, após quatro anos como vice-chefe de missão na Embaixada do Canadá em Berlim, na Alemanha.

Claudia Moraes é tenente-coronel da Polícia Militar do Estado do Rio de Janeiro (PMRJ), coordenadora do programa Patrulha Maria da Penha – Guardiões da Vida e integrante do Fórum Permanente de Violência Doméstica e de Gênero da Escola de Magistratura do Rio de Janeiro.

Jackeline Romio é doutora e mestre em demografia pelo Instituto de Filosofia e Ciência Humanas da UNICAMP. Pós-doutoranda em Psicologia Social e do Trabalho e professora colaboradora no Instituto de Psicologia da Universidade de São Paulo. Desenvolve pesquisas interdisciplinares sobre a violência e a relação entre as opressões raciais, de gênero e de classe social. Sua tese de doutorado “Feminicídios no Brasil, uma proposta de análise com dados do setor de saúde” (2017) tornou-se uma referência para os estudos sobre o feminicídio no Brasil. 

Série de webinários

O encontro online é o primeiro da série de webinários que irão debater os dados da pesquisa de opinião “Percepções da população brasileira sobre feminicídio”, lançada em novembro de 2021. Com base no levantamento nacional, realizado em parceria com o Instituto Locomotiva e apoio do Fundo Canadá, 1.503 pessoas, entre 22 de setembro e 6 de outubro de 2021, responderam sobre suas percepções e experiências com o feminicídio, além de perguntas acerca da responsabilização do agressor e serviços de apoio nos casos de violência doméstica e familiar contra as mulheres.

Compartilhar: