Grupo no Reino Unido faz banco de dados de mulheres mortas por homens

632
0
Compartilhar:
image_pdfPDF

(Folha de S. Paulo, 16/02/2015) Na quinta-feira (12 de fevereiro) foi lançado online, no Reino Unido, o banco de dados “Femicide Census: Profiles of Women Killed by Men” (Censo do Femicídio: Perfis de Mulheres Mortas por Homens). Trata-se de um projeto que quer impôr o reconhecimento da escala e do significado da violência de homens contra mulheres e é o ponto culminante de alguns anos de trabalho de Ingala Smith, que em 2012 iniciou a tarefa tenebrosa e demorada de contar as mulheres assassinadas no Reino Unido e colocar os nomes delas em seu blog. Naquele ano houve 126 mulheres mortas pela violência masculina. Em 2013, foram 143, e em 2014, 150.

Acesse a íntegra no Portal Compromisso e Atitude: Grupo no Reino Unido faz banco de dados de mulheres mortas por homens (Folha de S. Paulo, 16/02/2015)

Compartilhar: