Juiz determina correição para apurar estupros de vulneráveis em Cavalcante

684
0
Compartilhar:
image_pdfPDF

(TJGO, 22/04/2015) O juiz Lucas Mendonça Lagares, que responde pela comarca de Cavalcante, determinou, na sexta-feira (17), uma correição extraordinária na Escrivania Criminal e de Fazendas Públicas exclusivamente nas ações penais públicas que tratam de crimes de estupros contra vulneráveis em Cavalcante, Goiás, e a conclusão de todos os autos referentes a eles. 

Além disso, o juiz convocou uma reunião com conselheiros tutelares, os secretários municipais de Turismo, José Ronaldo de Loth; de Assistência Social, Andrade Santana do Nascimento, e de Educação, professora Josefa dos Santos Silva, com o objetivo de firmar parcerias com os demais poderes no sentido de prevenir e combater a ocorrência desse tipo de delito, que, observou o magistrado, “não deveria ocorrer numa comarca de pequena extensão e número de habitantes”, principalmente sendo ela uma região turística, o que exigiria cuidado ainda maior com as crianças e adolescentes que lá residem.

Leia também:
Parlamentares querem ajuda do Ministério da Justiça para coibir abusos em Goiás (Agência Brasil, 21/04/2015)
Casos de abusos de crianças kalunga ocorrem desde década de 90 (Diário da Manhã, 20/04/2015)

Acesse a íntegra no Portal Compromisso e Atitude: Juiz determina correição para apurar estupros de vulneráveis em Cavalcante (TJGO, 22/04/2015)

Compartilhar: