Juízes debatem reconhecimento da motivação de gênero em crimes contra mulheres

665
0
Compartilhar:
image_pdfPDF

(Agência Brasil, 26/11/2014) Em Oficina sobre Feminicídio: Assassinato de Mulheres por Razões de Gênero. Promovida pela ONU Mulheres, em parceria com o Conselho Nacional de Justiça (CNJ), a pesquisadora Fernanda Matsuda observou que os 202 casos de crimes contra a vida de mulheres cujas sentenças foram dadas em 2012 ou 2013, ocorreram majoritariamente em residências. Segundo o estudo, os companheiros, ex-companheiros ou familiares foram os culpados na maior parte das ocorrências. Já as armas utilizadas foram variadas, com destaque para as brancas, recorrentemente combinadas com a prática de tortura ou estupro.

Acesse a íntegra no Portal Compromisso e Atitude: Juízes debatem reconhecimento da motivação de gênero em crimes contra mulheres (Agência Brasil, 26/11/2014)

Compartilhar: