ONU divulga mapa interativo sobre criminalização dos homossexuais

2054
0
Compartilhar:
image_pdfPDF

(Rádio ONU, 24/02/2016) Material foi preparado pelo Escritório de Direitos Humanos e mostra os países que tinham e que ainda têm leis contra gays e lésbicas; ele conta a história desde 1799 até os dias de hoje.

O escritório das Nações Unidas para os Direitos Humanos divulgou um mapa interativo que mostra a aplicação de leis que criminalizam os homossexuais.

A “história do direito de amar”, como o material foi chamado, mostra os países que tinham e que ainda têm leis contra relacionamentos entre pessoas do mesmo sexo.

1799-2015

O mapa revela os países que adotaram leis para criminalizar, descriminalizar e, algumas vezes, voltar a criminalizar as pessoas por elas serem gays ou lésbicas.

O aplicativo mostra o período que vai desde 1799 até os dias de hoje e a pessoa pode acompanhar as mudanças ocorridas durante este período movendo a seta na ilustração.

Veja o mapa aqui.

Segundo o escritório de Direitos Humanos, é possível ver uma ligação clara entre a expansão dos impérios europeus, especialmente o britânico, mas também o espanhol e o português, e a propagação de leis punitivas contra os homossexuais nos séculos 18, 19 e início do 20.

A agência da ONU diz que o império britânico atingiu seu ponto mais alto durante o período da Primeira Guerra Mundial e a criminalização da homossexualidade atingiu o pico 40 ou 50 anos mais tarde.

Independência

Com a independência de várias colônias britânicas, algumas agiram rapidamente para derrubar essas leis, outras as mantiveram por um período maior e alguns países ainda mantêm as punições até agora.

O escritório de Direitos Humanos da ONU explica que os eventos foram e são causados por vários fatores, incluindo a descolonização, o movimento dos direitos civis e o ativismo estudantil dos anos 60.

O órgão cita ainda a manifestação Stonewall, que foi a reação dos gays contra uma ação da polícia em 1969 em Nova York, que marcou o início do movimento do grupo pela liberação homossexual.

O escritório diz que as leis internacionais de direitos humanos ajudaram a derrubar várias legislações contra gays e lésbicas.

Além disso, a queda da União Soviética, no início dos anos 90, também ajudou a aumentar o número de países que suspenderam a criminalização aos homossexuais.

Edgard Júnior 

Acesse no site de origem: ONU divulga mapa interativo sobre criminalização dos homossexuais (Rádio ONU, 24/02/2016)

Compartilhar: