Projeto de educação para travestis e transexuais em SP deve duplicar vagas, por Mônica Bergamo

1091
0
Compartilhar:
image_pdfPDF

(Folha de S.Paulo, 02/01/2016) A Prefeitura de São Paulo estuda dobrar o número de vagas do Transcidadania, programa que oferece estudo e formação profissional para travestis e transexuais. Hoje com cem inscritas, o projeto da Secretaria Municipal de Direitos Humanos pode ter até 200 participantes ainda neste ano.

Para ficar
“Uma boa parte delas deixou a prostituição. O número de desistências neste primeiro ano foi pequeno”, diz o secretário Eduardo Suplicy.

Para ficar 2
Pelo menos R$ 2,2 milhões devem ser destinados pela pasta ao Transcidadania. Cada inscrita vai receber auxílio de R$ 910 por mês (hoje a bolsa é de R$ 840). A secretaria vai insistir para que o orçamento previsto para 2016, de R$ 83 milhões, não sofra cortes da pasta de Finanças. O valor é 20% maior do que o disponibilizado no ano de 2015.

Acesse em pdf: Projeto de educação para travestis e transexuais em SP deve duplicar vagas, por Mônica Bergamo (Folha de S.Paulo, 02/01/2016)

Compartilhar: