Trans e travestis promovem campanha pelo direito do nome social

881
0
Compartilhar:
image_pdfPDF

(Catraca Livre, 20/05/2016) Após o decreto da presidente afastada Dilma Rousseff (PT), que permitiu o uso do nome social de trans e travestis em instâncias federais, deputados protocolaram um Pedido de Decreto Legislativo (PDC) para vetar a decisão. Ao todo, 29 deputados de dez partidos (DEM, PRB, PR, PSC, PSDB, PHS, PTN, PSB, PV e PROS) se opuseram à medida.

Leia mais: 
Bolívia promulga lei que permite pessoas trans utilizarem nome social de acordo com a identidade de gênero (HuffPost Brasil, 22/05/2016)
‘Impedir trans de usar nome social é violência’, diz psicanalista (O Globo, 20/05/2016)

Em resposta ao ato dos deputados, trans e travestis lançaram uma campanha nas redes sociais que luta pelo direito do reconhecimento do nome social. Com a hashtag #NomeSocialÉDireito, internautas estão compartilhando fotos contra os partidos, que tentam suspender o decreto nº 8.727, assinado por Dilma Rousseff em 28 de abril de 2016.

A campanha luta pelo direito do uso do nome social (Foto: Reprodução/Facebook)

Acesse no site de origem: Trans e travestis promovem campanha pelo direito do nome social (Catraca Livre, 20/05/2016)

Compartilhar: